Yoga Ganapati- © 2015 Direitos Reservados - yoga@yoganapati.com

Tel: (11) 9.9999.7444

 
Made on a Mac
Dança Indiana




























Bharatnatyan é a arte de se expressar no tempo e no ritmo. Hoje é conhecida e retratada através de movimentos rítmicos, acentuadas expressões faciais e gestos simbólicos. É descrita como fazendo parte das ciências conhecidas no universo onde Natyan, em Tamil, significa dança e Bharata é comumente explicado como sendo o primeiro poema escrito para Bhava (expressão), raga (melodia) e tala (ritmo). É o despertar da alma humana e a busca da iluminação.
Esta forma de dança milenar teve diversos nomes em diferentes períodos da história, tais como: Chinna Melow, Kuttu e Sadir Noutch.

Geralmente o nome Bharatnatyan era conhecido nos círculos de intelectuais, estes mesmos contribuíram para o renascimento e conservação com a dignidade da tradição. Na antiguidade o nome Bharatnatyan foi baseado e inspirado em evidências de esculturas encontradas nos antigos templos. É uma sutil e sofisticada forma de dança nascida no sul da Índia, em Tamil Nadu.
Toda a técnica do Bharatnatyan é precisa e sutil. Suas posturas com formas geométricas exigem do corpo alta disciplina, treino constante, atenção e concentração. A respiração é de extrema importância tanto para gerar energia, quanto para extrair do corpo movimentos envolventes e enigmáticos.

As articulações são altamente trabalhadas, já que os movimentos coordenam várias partes do corpo ao mesmo tempo. Linhas emergem a todo o tempo e belas posturas se desenvolvem como se o corpo todo substituísse a fala e várias imagens e sensações são transmitidas ao público.

A batida dos pés no chão e o ritmo acelerado da música trazem uma sensação enérgica, enquanto saltos e deslocamentos dão a sensação de vôo.
Tanto os Mudras (gestos simbólicos das mãos), quanto as batidas dos pés, trabalham com meridianos promovendo assim a abertura do tchakras.

As posturas são construídas pelas linhas geométricas e formas triangulares devido a representação nas sociedades primitivas significar a ligação com o divino.
O corpo é dividido em duas partes céu/terra, mas que devem estar sempre em comunhão, coexistindo. Suas energias distintas exigem que a bailarina trabalhe a energia sutil e leve, do céu, com a energia vibratória e rítmica da montanha. A dança é mímica e rica em simbolismo, com sua linguagem corporal, gestos precisos e acentuadas expressões faciais. Traz benefícios para o corpo e para a alma através da disciplina, coordenação, concentração, equilíbrio e energia.
Danca_Indiana_files/Yoga_Ganapati.html
Danca_Indiana_files/Quem_Somos.html
Danca_Indiana_files/Yoga_Ganapati_1.html
Home PageHome.html
Quem SomosQuem_Somos.html
Hatha YógaHatha_Yoga.html
PráticaPratica.html
Yóga nas EmpresasYoga_nas_Empresas.html
Dança Indiana
Galeria FotosGaleria_Fotos.html
LinksLinks.html
ContatoContato.html
Yoga GanapatiYoga_Ganapati.html